Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Quando a cabeça não tem juízo, surgem questões completamente idiotas...

Já alguém reparou que quando passamos por um carro avariado na auto estrada, cada vez mais os ditos têm 3 ou 4 cones de sinalização a circundar o veículo?

Sim, até aí tudo bem...O que eu questiono é de onde é que o raio dos cones aparecem...Não vejo nenhum veículo de assistência nas redondezas, nenhum reboque...

Bem, também vai daí pode ser que a Brisa tenha sub contratado a força aérea para lançar pinos sobre os carros avariados nas estradas...Esperemos é que eles nunca se sintam demasiado aborrecidos lá nas nuvens e decidam começar a mandar cá para baixo outros utensílios, tais como bolas de bowling, andaimes, o entulho que sobrou da construção do Dolce Vita, a maquilhagem da Betty Grafstein (sim, que aquilo ainda deve ir para 10 ou 12 quilos...) ou o guarda fato do David Motta...

Repetir 300 vezes uma mentira, não faz dela uma verdade...

Tenho de admitir...Uns bons anos atrás, quando ia para reuniões dava-me um certo frio na barriga, talvez pela sensação de que ia a caminhar para a forca, ou então porque já sabia que ia levar com um idiota de um meia leca com os seus Powerpoint's com manias de tenente coronel da tropa...

Passados uma boa meia dúzia de anos, a sensação não se alterou muito...Fui com um certo frio na barriga, mas a culpa aí foi do ar condicionado do carro, porque hoje estava um bafo dos diabos...Não fui a caminhar para a forca, mas aproveitei que ia no lugar do passageiro para jogar à forca no telemóvel...E não levei com um idiota de um meia leca mas com uma idiota que faz da condescendência a sua melhor (ou pior, consoante o ponto de vista...) arma...

Hoje, posso dizer com absoluta certeza, que para todos aqueles que tinham uma má imagem da minha pessoa, ficaram agora com certezas absolutas...

- Não levo desaforos para casa...Se me pisam os calcanhares, ouvem aquilo que sabem ser verdade mas que nunca imaginaram ser proferido em voz alta...

- Nunca irei tolerar dualidades de critérios...Quero lá saber se fulano beltrano anda a comer a prima da chefe, a cadela e até aquela jarra da dinastia Ming que tem no hall de entrada...Comigo, ou a coisa funciona da mesma forma para todos, ou há sarilho do grosso...Repito...Ouvem aquilo que não querem...

- Não admito lições de profissionalismo vindas de quem não sabe o que essa palavra significa...Um par de Manolos, uma mala Tommy e uns acessórios todos pipis não fazem de alguém profissional, por muito que algumas mentes iluminadas apregoem o contrário...

- Não gosto de dados manipulados...Aprendi ao longo dos anos a gerir essa particularidade da qual as pessoas se teimam em servir quando lhes convém...

- Odeio quando as pessoas juram pela saúde dos familiares que não aldrabaram os dados e em vez de seguirem as directivas estabelecidas, decidiram arrepiar caminho e pisar tudo e todos que encontram pelo caminho...Pior que esses idiotas, só os idiotas que mandam que os deixam fazer de idiotas todos os outros que trabalham que nem uns camelos...

E para terminar...

- Nunca, mas mesmo nunca vou admitir que me venham dizer que tenho de gerir o meu tempo particular para benefício empresarial...Não me pagam o suficiente para deixar de ter uma vida...Lamento...Lamento o facto de quem teve a infeliz tirada não ter uma vida própria...Lamento que a alegria que tenho em 90% dos meus dias de trabalho se tenha desvanecido por causa de tanta merda que vi hoje...Lamento comprovar uma vez mais que há seres humanos que abatia à queima roupa de bom grado, porque são autênticos desperdícios de oxigénio...Lamento o estado do teatro em Portugal, quando numa só sala observei tão bons actores e uma peça que cheirava a putrefacção...Lamento verdadeiramente que quem tem a obrigação de terminar com estas situações, é a primeira pessoa a abrir o olho do cú...Lamento também o linguajar deste post, mas há alturas na vida de uma pessoa em que nem tudo é um mar de rosas...

Hoje ouvi até à exaustão a mesma mentira...Curioso...Ainda ecoa nos meus ouvidos e não é por isso que a acho mais verdade do que da primeira vez que a ouvi...

A morte by Gato Pardo

Hoje, vou abordar a morte...

Aviso já os mais sensíveis, que estou com uma azia desgraçada...Não faço ideia do que vai sair daqui...

Morte...Ando preocupado com a morte, pelo menos de uma perspectiva felina...Desconheço a existência de qualquer casa mortuária para felinos...Lamento dizer isto, mas o mais parecido que conheço é o restaurante chinês do Sr. Huang (ou lá como o homem se chama...) ...Os pobres e incautos felinos que se aproximam do dito restaurante, nunca mais ninguém lhes mete a vista em cima, o que sustenta a minha teoria de casa mortuária...O que também pode explicar o porquê de na última vez que fui lá comer Chao Min de porco, ter trincado um guizo com o nome "Tareco" gravado...Também há quem diga que gato sabe a coelho, o que não invalida de futuro que surja o famoso tareco da Guia...

Depois, outra questão que me levantou preocupações é o facto de nunca ter visto um felino em câmara ardente...O mais parecido, foi quando fui à Bairrada comer leitão e a verdade é que o gajo vinha bem estaladiço, diga-se em abono da verdade...

Acho uma lacuna gravíssima não haver estas informações disponíveis para os felinos...Não se sabe se a medida dos caixões é standard ou se é custom size (sim, porque os castrados conseguem alcançar tamanhos que rivalizam com alguns cães de fila dos Açores...)...Não falando também que o caixão tem de ter espaço para uma dúzia de Whiskas Gourmet, um novelo de lã e uma manta para as noites mais frias...Pensavam que eram só os faraós que levavam a casa atrás ou os ciganos com os carros gamados, as shotguns e as roupas de contrafacção???Ah, pois é...

Pior mesmo que não haver esclarecimentos sobre estas coisas para felinos, só mesmo os donos quando batem a caçuleta, querem ser enterrados com os respectivos bichanos, não especificando que às vezes os bichanos ainda estão vivinhos da silva...Já imaginaram bem meia dúzia de gajos a quererem fechar o caixão e um gato assanhado com as unhas de fora a querer sair dali à força toda?Não é uma imagem bonita de todo...

Fico também a pensar no discurso do padre num funeral felino...

- O tareco era amado por todos...Um bichano afável, compreensivo, amigo do seu amigo, sensível...

Isto até ser interrompido pelo Sr. António que entra pela igreja dentro com uma rifle de assalto e dispara meia dúzia de rajadas para dentro do caixão e diz...

- Nunca mais me cagas no meu quintal, sacana...

~Logo de seguida, entra a D. Micaela de bengala em riste e dá umas valentes berlaitadas na corneta do bichano, já meio esburacado e diz....

- Cabrão do gato...Comia-me as margaridas todas...

E para finalizar, lá tinha de vir o Sr. Huang de sobretudo e levava o bichano com ele...Não se desperdiça comida...

 

(Eu avisei que não sabia bem o que ia sair daqui...)

O gato foi à rádio...

Sim, é verdade...Embora tenho desde já a dizer, que para aqueles que pensaram que pelo título, alguma estação de rádio com pessoal passado dos cornos decidiu fazer um programa na onda do "o meu blog dava um programa de rádio", tirem daí o cavalinho da chuva...Há radialistas passados da marmita, mas ainda não chegaram a esse ponto de demência...E para bem da sua saúde mental, ainda bem que desconhecem este blog...

Bem, aqui o felino numa destas manhãs estava enfiado no trânsito matinal a ouvir a sua rádio favorita, quando é confrontado com um daqueles passatempos de enfiar chouriços...Eu como até gosto de chouriço (então acabado de assar com uma fatia de pão alentejano...Ui...) vá de ligar...Resultado?Lá respondi acertadamente à questão colocada e lá fui recambiado para o Miguel (um abraço, Miguel...És um tipo porreiro e com uma paciência dos diabos...) que me questionou sobre os meus dados, grupo sanguíneo, hábitos alimentares, registo criminal, marca de tabaco que fumo, etc e tal...A única questão a que não fui capaz de responder será talvez aquela que as pessoas sabem de cor...O nº do BI...Mas isso é pergunta que se faça a uma gajo que ainda vai em piloto automático a conduzir numa via rápida (iria a conduzir se a dita não estivesse apinhada de gajos que tiveram a mesma ideia que eu para fugir ao trânsito...) com uma pedrada de sono derivada de 4 noites mal dormidas???

Lá tive de pedir ao Miguel para me ligar daqui a 10 minutos porque a carteira estava fora do meu alcance...E não é que ele cumpriu?Pouco tempo depois, lá estava eu ao telefone com ele a dar-lhe o maldito nº...Fui então informado que tinha então um prémio à minha espera e que o tinha de ir buscar à rádio...

Dia seguinte...Lá me meti a caminho das instalações radiofónicas...Quando lá cheguei, lá anunciei à senhora ao que ia e a resposta que levei foi...

- Então mas vem levantar o quê?Um cd, um livro???

- Hã...Não faço a mínima...Mas estão ali umas Playstations muito catitas a piscarem-me o olho...

Parto do princípio que a senhora ou achou que me estava a fazer ao piso a ela ou não achou piada nenhuma ao meu comentário, porque vi-me na eminência de ficar com um olho...negro, tal o olhar fulminante que ela me lançou...Bem, lá foi a senhora confirmar se realmente o gajo armado em carapau de corrida que estava lá fora tinha direito a alguma coisa que não uma biqueirada na peida ou se podia dar uso às Doc Martin do filho...Comprovou-se...Havia um cd à minha espera...Weeeeee...

Assim se começa bem um dia...Com um cd à borla, oferta da equipa do programa da manhã mais louco do éter...

Obrigado, Peixoto!

Obrigado, Tânia!

E viva a Best Rock...Sim, porque preciso de compor a prateleira dos cd's cá de casa...

Observações

- Jojó, amo-te...Larga essa vaca da tua namorada...

- Tenho um granda pincel...

- Tânia 29...

 

O que é que todas estas frases têm em comum?

Uma parede de um prédio onde acabei de estacionar o carro 5 minutos atrás...

Admiro profundamente o Camões que existe dentro de cada um de nós...Pura poesia, meus amigos...O Jójó e a sua paixão pela indústria dos lacticínios...O elo inquebrável entre um homem e a sua masculinidade, pintada a céu aberto...A Tânia e o seu Alzheimer, o que a obriga a fazer a contabilidade dos seus namorados nas paredes alheias...

E ainda dizem que o povo portugês peca por falta de originalidade...

Fanática...

Estava eu com uma pedrada de sono a fazer a barba e a televisão ligada na SIC Notícias, quando ouço o Soares a dizer que a Manuela Ferreira Leite é uma fanática...

Comprova-se...A mulher é fã dos Tokio Hotel...Até já a imagino numa tendinha a acampar à porta de um qualquer recinto como o Pavilhão Atlântico...Agora, já percebo os cartazes dela com umas olheiras que vão desde os olhos até à maçã de Adão...Maluca...

Brincar com o trabalho dos outros é muito feio...

Na minha actividade laboral, há duas coisas que são constantes...

Uma, é a falta de pontualidade das pessoas.A outra, é a falta de educação. Hoje, apanhei um caso que foi uma espécie de dois em um , tipo Neoblanc perfumada...

Imaginem a seguinte situação...Uma cliente vossa, combina para uma determinada hora...Vocês, todos lampeiros, chegam ao dito cliente 5 minutos antes da hora marcada...Cliente?Nem vê-lo...Aguarda-se um bocadinho...O bocadinho torna-se uma meia hora...A meia hora torna-se hora e meia...E quando dão por ela já passaram duas horas, o maço de tabaco já está no fim, a vossa paciência já foi com os porcos juntamente com o trânsito da avenida e os vossos pensamentos passeiam entre o esquartejamento da cliente e um canhão ao melhor estilo Looney Tunes apontado para dentro do estabelecimento...

Passado duas horas, a bicha decide dar sinal de vida...Pedido de desculpas?Qual quê...Deve ter ficado na esteticista, que foi onde passou as últimas duas horas a fazer as axilas, provavelmente...Esta é a parte da falta de pontualidade...Quando eu julgava que as coisas não podia ficar ainda piores, eis que o destino me trocou novamente as voltas...

Odeio estar a lidar com clientes e eles a mascarem pastilha como se a vida deles dependesse disso...Mas pior que isso, é estar a falar com clientes a mascar pastilha e eles a falarem de boca escancarada ao ponto de não só conseguir ver as amígdalas a céu aberto, mas ter a absoluta certeza que dentro daquele Grand Canyon que era a garganta de mulher, se eu falasse mais alto aquilo faria eco...

PORRA!!!

Mas é pedir demais que as pessoas tirem a maldita pastilha quando estamos a falar de assuntos sérios?Já nem é só a falta de educação...É terem uma coisa verde a passear pelo meio dos dentes como se de uma lagartixa se tratasse...

Pior ainda, foi tentar decifrar qualquer palavra que essa pessoa disse...É que convenhamos...Uma pessoa a mascar pastilha de boca aberta ao ponto de se conseguir ver o que ela comeu na 3ª feira ao jantar e a falar ao mesmo tempo, é uma imagem quase tão aterradora como a Manuela Ferreira Leite nos cartazes do PSD que andam por aí espalhados por Lisboa...Medo...

 

Estão a erradicar o meu percurso escolar, piece by piece...Ou então não!

Primeiro foi a minha escola primária que foi abatida, qual tordo para a construção de um acesso à auto estrada...

Hoje, ia-me dando uma coisinha má quando vejo no meu antigo liceu, uma grua, 4 toneladas de entulho e um prédio semi desfeito, do qual só restava o esqueleto...Depois de um olhar mais atento (há que dar um desconto a mim próprio, porque já lá vão 15 anos...) reparei que o prédio que já foi à vida era o antigo ginásio e o refeitório...O liceu propriamente dito ainda se mantém em funcionamento (para enorme tristeza dos alunos, imagino...).

Fiquei a pensar que finalmente aquele abaixo assinado que assinámos uma década e uns trocos atrás finalmente surtiu efeito...Bem que a gente dizia que a carne que nos era servida sabia a betão armado e o peixe era tudo menos peixe...Eu como era (e sou) desconfiado, se não conseguia identificar o grupo alimentar a que pertencia o que me colocavam no prato, era direitinho pró prato do vizinho mais próximo...

Mas começo a pensar se não teria sido mais fácil (e barato...) ir buscar o Jamie Oliver e mudar a ementa da cantina do que deitar abaixo a dita...

Bem, pelo menos deu para recordar os bons tempos de liceu dum espaço que ainda hoje tenho como meu (e é mesmo, porque no último dia de aulas à conta duma brincadeira com sódio, deu-se um explosão na sala de Química, que permitiu que uma boa quantidade de estuque do tecto caísse...Claro está, que para não dar cana, lá levámos o estuque como souvenir...)...

Pág. 1/2

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D